21 junho 2011

"Para Sempre" 7º Capitulo

254364_223366524355062_100000451493792_844084_4124711_n_large
Parte 1 |  Parte  2 | Parte 3 | Parte 4 | Parte 5 | Parte 6 | Parte 7 | Parte 8
É completamente insano dizer adeus a uma pessoa que pensamos que sua existência veio para completar a nossa existência. É estranho quando alguém prometido a nós vira as costas e se vai. Dói. Não é só saudade que parte o coração, é a necessidade de querer essa pessoa por perto. É isso que o amor faz com a gente, nos da de bandeja aquela sensação de necessidade. A necessidade que temos um do outro quando amamos é maior em qualquer momento. Até quando ficamos tristes com quem amamos, necessitamos do colo do mesmo. Essa necessidade faz com que esquecemos todas as outras coisas necessárias para viver, comer, dormi ou dar valor as coisas que estão a sua volta. Precisamos sempre da mesma pessoa, e esquecemos que podem ter pessoas que nos amam, que também precisam da gente. Esquecemos de tudo que nos fazia bem.
Porque amor é complicado assim mesmo... tudo pode acontecer.
(...)


_ Sabe do que mais eu senti saudade? - disse Sophia
_ Não, do que?
_ De achar que você sempre esquecia as datas importantes, e você sempre me surpreendia no final.
_ Só disso Sophia? - disse Caio sorrindo...
_ Claro que não senti falta de muitas outras coisas. Por exemplo, da sua mania linda e irritante de piscar os olhos fortes toda hora. E claro, do cheiro do seu suor depois do trabalho.
_ Ha, ha, ha. Nem preciso dizer que foi uma risada irônica não é.
_ E você não sentiu saudade de nada em mim? 
_ Não. Senti necessidade, é diferente talvez. Precisava do seu sorriso torto, da sua satisfação quando ouvia suas músicas irritantes, do seu olhar quando estava com raiva de alguma coisa. De te irritar o tempo inteiro. Do cheiro do seu hidratante. E de reclamar o quanto comia pouco no almoço depois da aula. Todos os dias lembrar de tudo isso e achar que eu nunca mais poderia ter o gosto de reviver esse momento, era uma tortura sem fim. Foi como se eu precisasse de você não só pra ser feliz, e sim pra viver.
Ela não disse mais nada, ela apenas o beijou, beijou como se fosse a ultima vez, mesmo ela tendo a certeza que não seria a ultima. Porque ela estava disposta a fazê-lo feliz, por muito mais tempo do que ele imaginasse. Talvez para sempre.
Aquele domingo tinha sido incrível para os dois, aquele fim de semana, o mais inesquecível. Sophia tinha poucas amigas, confiava realmente em poucas pessoas, a única era Bella, que tinha a ajudado a pensar em outras coisas antes de Caio voltar. Ela precisava contar a ela o que tinha acontecido. É aquela ansiedade feminina que todas as mulheres sentem quando estão felizes. Depois do almoço e de ajudar sua mãe com a louça, Sophia correu para a casa da amiga e assim que chegou lá, deu um abraço nela como comprimento.
_ Uow, que surpresa boa Sophia. Como você esta? Ah entre... - disse Bella, toda desajeitada e faladeira como sempre foi.
_ Ah, espere, preciso contar uma coisa, vamos direto pro seu quarto.
_ Tudo bem... Já deu pra perceber que esta bem nem precisa responder. - disse Bella sorrindo.
_ Tenho tanta coisa pra te contar Bella. Mas o ponto mais importante é que meu Caio voltou pra mim! - disse ela com um sorriso enorme, e com uma intimidade que dava a poucas pessoas.
_ Como assim, como acontecer, porque não me contou antes, ah como eu estou feliz aqui... Conta tudo...
Sophia havia contado sobre a carta e sobre a praça, havia contado também como estava feliz por tê-lo de volta e que o fim de semana com ele tinha sido incrível. Sophia teve a ideia de ir até a praça onde ela havia passado momentos inesquecíveis com Bella, como as brincadeiras e os piqueniques, e agora, onde havia presenciado o momento que mais fez palpitar seu coração, o reencontro com ele. Levaram algumas besteiras para comer e beberem. Bella e Sophia sentaram no chão para sentir a aconchegante grama em seus pés...
Aquela tarde estava perfeita, apesar de ser inverno, o clima estava um pouco quente, ótimo para passar a tarde com uma boa amiga... Uma tarde ótima para sorrir.
_ E agora, bom tenho que fazê-lo feliz de todas as formas possíveis Bella. Dessa vez, eu me entrego a ele de corpo, alma e coração. - Sophia deitou-se na grama e olhou para o céu, distraída ainda falando sobre ele - É estranho me sentir assim. Acho que ele esta me dominando.
_ Você já percebeu que tudo o que você esta falando está ficando meio clichê? - disse ela, e deu uma risada gostosa.
_ Claro que sim. Esqueceu que sou a pessoa mais careta que você conhece. Ser clichê faz parte da minha índole de vida.
_ E claro , dar uma de espertona com palavras difíceis também.
_ Você é incrível Bella. Desculpe-me por ter esquecido de você e de todas as outras coisas.
_ Pois é, essa sua tristeza havia me preocupado muito... Mas agora tudo vai ficar bem, não vai?!
Sophia levantou-se e deu um abraço em Bella, como ela podia ter esquecido de quão incrível essa menina era. Sophia  o faria feliz, e seria feliz de todas as formas possíveis. Aprendeu a dar valor a todo tipo de amor e carinho, tanto quanto o da sua amiga, como o da sua família e acima de tudo ao carinho da pessoa que conseguiu fazer enxergá-la tudo isso. Caio
...Continua

 << Anterior                                                                                                              Próximo >>

10 comentários:

  1. Preciso dizer q ADOREI ? rs'
    Apaixonante esse conto.
    Mas uma reclamaçãozinha a fazer: Vc demorou demais para postar o 7° capitulo. Eu estav super anciosa para le-lo. Isso não se faz haha

    Parabéns pelo blog
    Bjs
    http://teenssecrets-star.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Barbie na caixa colega.
    Anciosíssima para o 9° capítulo, e não vai demorar pra postar hein?!
    Xoxo

    blog-enlouquecendo.blogspot.com [EM BREVE ABERTO]

    ResponderExcluir
  3. ooi queria saber se vc não gostaria de fazer parceria com o meu blog?
    http://1mundoteen.blogspot.com/
    qualquer coisa me avisa por comentário lá ok
    Bj ;*
    CarolMatozo'

    ResponderExcluir
  4. só posso dizer que tá incrível *-*
    ameii mesmo
    o amor é mesmo lindo <3

    ResponderExcluir
  5. Se eu tivesse um décimo do que você escreve eu já ficaria feliz!
    Eu não canso de falar isso!
    E enfim, esse conto eu li todo agora!
    quero o próximo!

    beijos
    blogloucamistura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Ameii tbm ;D

    (Gnt quem puder me seguiir , eu agradeceriia bastante \O/)

    ResponderExcluir
  7. ADOREI TUDO AQUI.. encantada sério..
    E que texto maravilhoso foi esse? Você escreve incrivelmente bem!

    beijos
    http://tellmethaina.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. AWWWWWWW adorei o texto *-*
    Tem novo post no TAI *o*
    xoxo
    theattitudeincluded.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Estou acompanhando a história de Caio e Sophia desde o ínicio, e estou encantada. Mas não se pode mesmo esquecer das amizades...
    Tem selo pra ti lá no meu blog..
    http://coisasqdaonatelha.blogspot.com/

    ResponderExcluir