14 julho 2011

Modo de amar-se

Tumblr_ln9eppgvhl1qjztq5o1_500_largeHoje o assunto é sério. É sobre amor, como sempre falo. Mas outro tipo. Amor próprio.
Resolvi falar sobre um assunto tão delicado, porque vejo o quanto pessoas estão brincando de fazer isso. Mutilar-se virou moda! É, quer uma prova desse ridículo ato virou tendência, passeie por aqueles tumblr's que se consideram famosos... ou até mesmo aqueles anônimos. É fato que oito entre dez garotas se cortam frequentemente ou já se cortaram e, algo me diz que elas fazem isso para ter atenção de pessoas que sentem pena. A maioria tem em média quinze anos e os problemas: sentimentais. Claro que algumas podem realmente ter problemas sérios, mas isso não justifica ficar anunciando por ai que gosta de se cortar para os outros darem mais atenção. Desperdiçando o sangue que muitos necessitam.
Já assisti programas com garotas que realmente sofriam muito com isso. Se mutilavam, achando que aquilo era a saída para os problemas, mas quando só encontra isso como solução é muito difícil parar. Sim, mutilação é muito mais do que uma lâmina e arranhões no pulso meninas. Pessoas que sofrem com isso, para se recuperar, precisa de acompanhamento de alguém especializado.
"Mas Gabi, você não sabe de nada, nunca sofreu e encontrou isso como única saída"... Pois é, mesmo eu odiando sentir dor, eu já passei por isso... me cortei pois achava que sentiria menos dor do que meu coração estava suportando, e quer saber, é verdade, não dói tanto, mas não alivia.
Vocês não podem achar que levar um fora é o fim do mundo, se tem poucos amigos é invisível, se não namora é indesejável, se não é modelo é gorda. E mesmo sendo indelicada com essas palavras, a morte de alguém, não significa a sua. É claro que ninguém conhece sua dor, não podem julgar o quão grande ou pequeno são os seus problemas, pois eles são seus e são eles que ficam cutucando sua cabeça e martelando o seu coração. Mas pense em quantas pessoas também passam pelas mesmas coisas que você... temos mesmo é que ser fortes, mesmo sendo difícil. Se não conseguir, chore, passe noites e noites em claro, chorando, colocando toda a angústia pra fora, desabafe e espere. Porque essa abstinência, ela passa, mesmo que demore. Dói agora, amanhã quem sabe? Sorria hoje, fique triste.. nunca. E se ficar, não recaia. Minhas palavras pouco podem fazer efeito sobre você, mas quero que saiba que há um lugar em você, há uma faísca, um brilho escondido no seu olhar, e é nessa parte que eu posso ver, mesmo não te conhecendo, mesmo não estando ai, que você tem esperanças, que acredita que tudo pode melhorar.. se agarre a isso. Amanhã quem sabe passa, por isso sorria hoje. Matenha o controle e foque nas pessoas que te ama. E não esqueça de amar a pessoa mais incrível da sua vida... você mesma!




Eu vi em um blog, um projeto para meninas que se cortam, e eu resolvi divulgá-lo. Não lembro muito bem o blog, ou as regras, lembro apenas o que vou citar. É para as garotas que realmente sofrem com isso, e não conseguem se livrar desse distúrbio.
Cada vez que você sentir vontade de se cortar ou ferir seu corpo, desenhe com canetinhas borboletas coloridas onde geralmente se corta. Desenhe uma borboleta, para cada pessoa que ama ( sua melhor amiga, seus pais, seus avós, etc). Assim que desenhar as borboletas, você não poderá se cortar. Caso faça isso, estará matando uma das pessoas que ama. Não pode lavar as borboletas, espere que elas saiam naturalmente. Assim, antes de você ferir seu corpo, você poderá pensar nas pessoas que realmente te amam. Se perguntem: será que eles gostariam de ver isso acontecer?
Espero que ajude vocês...
E você?! Quer desabafar, tem alguma história pra contar?! Comente, mesmo que seja em anonimo.  

16 comentários:

  1. Gabi, nossa, você tirou palavras da minha boca! Eu tenho Tumblr e convivo com milhares de textos sobre pessoas (geralmente, meninas) que se cortam, principalmente no pulso! Eu não posso dizer que acho isso "ridículo" porque não sei o que as pessoas sentem, mas acho essa MODINHA de "se cortar para ficar conhecido como o coitadinho e receber atenção", essa sim, é ridícula! Essas pessoas são ingênuas e sem personalidade, à qualquer problema, se mutilam: falta de amor próprio, realmente!
    Beijos Gabi :)

    ResponderExcluir
  2. É complicado isso, é uma situação delicada demais. Cada um tem seu próprio motivo para fazerem tais absurdos. Eu só acho que aquelas que fazem pra chamar atenção merecem sofrer, pegar uma infecção ou algo do tipo. Sim, sou cruel com as palavras, mas tem momentos que eu me revolto com a falta de vergonha de algumas pessoas. Muita gente tenta se esconder atrás de quem realmente não pode se tornar.
    Não condeno ninguém, até porque quem nunca pensou em fazer isso ou até mesmo fez. Gente, uma coisa é a gente necessitar de uma dor, outra é te-lá e ser incurável.

    Parabéns Gabi, sinceramente tocou e muito aqui. ♥

    ResponderExcluir
  3. queria pedir um conselho
    como ser uma garota dificil?
    se agente da um fora no garoto ele ja vai embora pq dissemos um não
    e se dissemos sim somos a facil
    como fazer para ser dificl
    as dicas?

    ResponderExcluir
  4. Gabi, a forma como você se expressou com certeza deve ter aliviado o coração de alguém, continue assim!

    Beijinhos.

    webcalcinha.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. nem sei o q dizer , so que fui consuindo esse textos. mais como nao dava p comentr pelo cel ¬¬'
    enfim.. coisas assim p chamar atenção é ridiculo mais agora aquelas q fazem por terem algum problema é muito serio..

    ResponderExcluir
  6. Muito ótimo o post, eu tenho ums problemas em relaçao a minha auto-estima, mas nao fico me mutilando... E sim, tem pessoas que fazem isso para ganhar "faminha", mas tem outros que tem problemas mesmo. Eu passeando pelo mundo do blogger encontro garotas que escrevem bem, mas destroem suas linhas com coisas ridiculas, querendo se matar por causa de um "amor", bom, fazer oq.. Mas gostei da ideia de desenhar borboletas. Beijos ;*

    ResponderExcluir
  7. Nada como sermos a pessoa mais i importante para nós mesmo, o mundo hoje anda complicado demais para amar-mos outra pessoa incondicionalmente.

    Que nosso amor próprio seja infinito!

    Amei o blog, sigo-o com prazer.

    Abraços

    ResponderExcluir
  8. Oii, nossa eu adoreeeei de verdade o blog, e as postagens ... parabéns ..
    já estou seguindo, se puder retribuir, estou no começo ..
    beijos e parabéns :)

    beatriz-fontana.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Muito sério esse assunto e precisa ser tratado com atenção, é preciso antes de tudo amar a si próprio!
    Muito boa iniciativa Gabi de falar sobre esse assunto!

    ResponderExcluir
  10. WONDERFUL BLOG!
    HI! my name's martina and I come from Italy... I'd like you visit my blog and if you want.... follow me! I wait you and your tips!
    Thanks! kisses, Marti! ;DDDDD
    Glamour Marmalade

    ResponderExcluir
  11. Eu fazia parte desse grupo, por muitos anos vivi isso. entrei em uma depressão profunda e fazer a auto mutilação me ajuda a sentir menos dor...minha vida mudou completamente,meus pais se separam, começaram a brigar pela minha guarda,e muitas outras coisas foram acontecendo (não posso citar tudo) minha vida em uma pequena noite virou de cabeça pra baixo. Não fazia isso para chamar atenção, tanto que por muito tempo ninguém sabia, mesmo no calor usava roupas de frio para esconder as marcas que ficam quando fazia isso...quando me cortava eu não sentia dor ,era bem depois que isso acontecia e mesmo assim a dor era menor do que eu sentia com o que estava passando e isso me fazia sentir "bem". Tudo o que acontece nessa fase você demora um pouco pra perceber e aceitar, pelo menos foi assim comigo... um tempo depois dividi isso com uma pessoa que confiava muito e ela me ajudou a passar por essa fase ruim, comecei a procurar tratamento e fazia diariamente consultas para desabafar e entender,mas primeiramente tive que aceitar o meu problema e assim procurar formas de me livrar disso. eu consegui, foram 3 anos nesse tormento e hoje posso dizer que superei, deixei algumas marcas em mim mesma, onde algumas cobri com tatuagens que significasse muito para mim e me ajudava quando me deva vontade lembrava porque fiz aquilo e o que representava . Posso dizer que a mutilação não é uma boa coisa, pelo contrario é horrível, pode acontecer coisas bem piores do que aconteceu comigo, poderia ter me machucado feio, até mesmo não estar mais aqui. Contei essa história porque me comovi muito com seu texto, está incrível e eu espero que ele ajude muitas pessoas, porque esse é uma assunto muito delicado e que deve ser tratado com respeito acima de tudo, sem julgamentos, pois ninguém sabe o que se passa por traz de um rosto sofrido. Parabéns Gabriela texto e blog perfeitos!!!

    ResponderExcluir
  12. @Anônimo, são casos assim que nos deixam preocupadas, sabe. Tem pessoas que querem chamar atenção, mas não sabem um terço do que é sofrer com essa 'doença'. Tomara que essa moda passe, e que menos meninas se entreguem a esse ato :/

    ResponderExcluir
  13. Sim Gabriela esse caso é muito sério e vejo que cada vez mais meninas entram nessa fase, nós se isolamos, nos fechamos de uma forma que é muito difícil de lidar, eu tive a sorte de encontrar esse pessoa que me ajudou muito,em que eu consegui confiar e dessa forma eu consegui sair aos poucos,mas meu sofrimento foi muito grande e ver que pessoas "brincam" com isso é complicado...espero do fundo do meu coração que tudo isso passe a as pessoas tenham mais amor por si mesmas assim como eu estou aprendendo. Eu sigo seu blog e adoro, mas prefiro não me mostrar , quando vi que abortou esse assunto me tocou bastante porque vejo que ainda tem pessoas que se importam e querem ajudar as pessoas! Parabéns!

    ResponderExcluir
  14. @Anônimo, no começo da idéia para falar sobre isso, iria dizer apenas sobre quem quer chamar atenção, mas sei que o numero de quem sofre com esse problema é bem maior, e que precisamos de muito mais gente pra ajudar do que pra julgar!
    E claro, se julguei alguém com esse post, não foi a intenção, só quis ajudar ^^

    ResponderExcluir
  15. Não julgou não, falo isso por muitos que olham qualquer coisa sobre isso, julgam, sei como é porque também sofri isso quando abri o jogo para todos...mas abortou muito bem, entrou bem no assunto, sua ajuda foi e é bem grande...

    ResponderExcluir
  16. nossa..Gabi eu já me cortei tbm...
    nossa nesse momento raramente pensamos nas consequências né?
    só conseguimos lembrar da revolta da fúria q estamos sentindo..isso é mto ruim !

    ResponderExcluir