12 julho 2011

"Para Sempre" 10º Capitulo - FINAL

Tumblr_lo04ku7wp31qg2htmo1_500_large
Parte 1 |  Parte  2 | Parte 3 | Parte 4 | Parte 5 | Parte 6 | Parte 7 | Parte 8 | Parte 9
Defina amor: conexão além da vida e da morte. 
(...)

Chega a ser irônico como a felicidade pode ir e voltar, chegar e nos fazer sorrir, ir embora e nos destruir. Desculpem pela rima pobre é que as vezes nesses caso sobra angústia e faltam palavras.
Caio sabia que amava Sophia, sabia que não viveria bem sem ela, sabia que nada iria fazer aquele sentimento sumisse. Depois daquela ligação, tudo o que ele conseguiu sentir foi medo. Pavor. Ele correu pro hospital, em colapso total, sem olhar para os lados, sem olhar pra trás, com o pensamento em Sophia, e como ele poderia salvá-la.
Ele finalmente chegou no hospital, eram trinta minutos a pé da casa dele, que ele transformou em quinze. Lá havia rostos conhecidos, mas não faria nenhum esforço pra lembrar os nomes de cada um.
_ Cadê ela? O que aconteceu? - perguntou a primeira pessoa que apareceu.
_ Fica calmo Caio, ela esta passando por uma cirurgia... daqui a algumas horas... - a mãe dela respondeu. Estava tremendo e com os olhos avermelhados.
_ Como assim cirurgia?! Não, eu quero vê-lá agora.
_ Não vai adiantar, você tem que esperar. - disse uma enfermeira que estava cuidando da família.
Ele não entendia nada, foi obrigado a sentar e esperar que alguém dissesse alguma coisa, mas todos só choravam e oravam. Perguntou a enfermeira o que havia acontecido e ela o respondeu:
_ Bom, ela estava voltando para a casa, e um carro, que pelo visto estava em fuga da polícia, pois estava em alta velocidade, acabou invadindo a calçada onde Sophia estava andando, e a atropelou. Teve lesões muito fortes, pois o carro a atirou contra a parede com muita força. Ela veio com um sangramento na cabeça, e outros ferimentos pelo corpo. E sim, ela corre risco de morte. Eu sinto muito.
Caio mataria o motorista que havia feito aquilo na mesma hora com as próprias mãos, mas o desgraçado deixou o carro e fugiu. Caio segurou toda a angústia, ódio e desespero e conseguiu conter o choro. Mas por dentro, tudo estava em pedaços.

Muito tempo depois, enfim um doutor apareceu e chamou a mãe dela, Caio tentou ir junto, mas o seguraram. Alguns minutos depois ela voltou chorando mais ainda. Todos arregalaram os olhos e foram pra cima dela.
_ Então... - disse ela tentando se recuperar. - a operação foi boa, ela está viva... - engasgou - mas, ela ainda corre muitos riscos. - desviou o olhar para Caio - Ela quer muito te ver.
Ele correspondeu imediatamente, e correu para onde ela estava. Quando entrou na UTI, a viu deitada, muito fraca e cheia de aparelhos, teve que parar e respirar. Ele não podia desesperá-la, ele não podia deixá-la morrer.  Aquele não podia ser o fim!

Caio segurou nas mãos de Sophia enquanto ela olhava para ele, maravilhada com aquele rosto que ela amava tanto acariciar. Nas mãos dela, havia uma pétala de flor... a pétala da orquídea que Caio havia a presenteado.
_ Você vai ter que ser muito forte, sabe disso. - disse ela, com a voz fraca, mas com um sorriso angelical.
_ Eu não vou deixar nada de mal acontecer Sophia, estou aqui pra isso.
_ Não depende só de você. Mas sei que se dependesse, isso não aconteceria.
_ Sophia, vou continuar sendo seu...
_ Eu sei... Pra sempre não é?
_ Sim, pra sempre!
_ Caio não se preocupe, vamos nos reencontrar sempre. É só esperar. Como eu vou estar te esperando.
_ Não sei se aguento muito tempo.
_ Sim, você aguenta. Você é forte. Olha, como é forte, segurando o choro, disfarçando a dor e sorrindo pra mim.
_ Você me dá forças Sophia.
Sophia apertou as mãos dele, e ele se sentiu seguro como uma criança que atravessa a rua segurando a mão da mãe. Ela respirou fundo e sussurrou as palavras que nunca tinha dito exatamente, numa única frase.
_ Eu amo você!
Aquelas palavras, o fez chorar como um bebê. Ela nunca foi de dizer, sempre preferiu demonstrar. Ela sabia que o amor deles era aquele tipo de amor, de um em um milhão... tipo conto de fadas. Amor além da vida.
_ Prometo que vou ficar bem, e vou viver por você, pensar em você e respirar você, a cada segundo da minha existência. Pago o preço que for pela eternidade ao seu lado. Te observando, te venerando e te amando. Minha Sophia! Minha pequena! Minha.
Caio acariciou seu rosto e seus lábios e selou um beijo molhado com as lágrimas que não conseguiu conter. Eles ficaram se olhando e Caio ficou por lá segurando a mão dela e apenas vendo a piscar olhando para ele. Ficaram uns quinze minutos assim. Sophia, virou a cabeça para cima, suspirou e fechou os olhos. Poderia dizer que ela estava cansada e dormiu, mas não, não foi o que aconteceu. Caio soltou a mão dela e deu um beijo em sua testa, o ultimo, e saiu pela porta sem olhar pra trás. Passou por todos os parentes de Sophia, estavam todos gritando e chorando, mas ela não ouvia nada. Não ouvia, não enxergava, não sentia. Ele não foi ao enterro nem ao velório, no mesmo dia, Caio voltou para a casa de praia. Muitos pesavam que iria se matar, seus pais tentaram impedi-lo de ir pra qualquer lugar mas não conseguiram. Ele sentiria muita vontade de sumir ou então, de não esperar que a morte o buscasse e levasse pra perto de Sophia. Mas ele esperou. Esperou pois havia feito uma promessa pra pessoa que ele nunca ousaria em quebrar. O tempo passou a ser uma coisa relativa e as coisas ao redor, não importavam muito. Ele continuou sua vida, como outra pessoa qualquer, pode ter se casado, ficado rico, com filhos ou sem, tanto faz o que aconteceu, pois ele só continuou sua vida por um único motivo... Não quebrar a promessa que fez a Sophia, e esperar ela vir o buscar. Demorou, e muito. Mas ele disse que pagaria qualquer preço pela eternidade... Ele pagaria qualquer coisa para ficar ao lado dela (na vida ou na morte) ... Para sempre!

Fim

Leia e escute!

17 comentários:

  1. Nossa, não tinha como não se emocionar com a história. A vida é complicada pode se, mas a gente sempre dá uma forcinha pra complicar mais. A gente ama, briga e se afasta desse amor. Perde tempo de mal, mesmo morrendo de vontade de voltar a falar com essa pessoa. Ainda bem que Caio e Sophia tiveram tempo de demonstrar esse amor.
    Simplesmente lindo.

    ResponderExcluir
  2. Gente, ouçam a música, vai ficar ainda melhor a história ^^

    ResponderExcluir
  3. pq vs nao faz um liivro com esta linda historia ?!
    eu seria uma das primeiras a comprar *-*
    bjs
    www.paradateen1.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Ain, eu li todos os capitulos, história linda, muito linda mesmo, me emocionei demais. Parabéns pelo blog, é lindo. Não tem como não seguir aqui, tô seguindo já tá. Linda história e lindo blog.

    http://meninas-lindas-cdm.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Mt linda a história *--*
    Uma pena a Sophia ter morrido,
    Mas realmente um verdadeiro amor é aquele q esta além da vida.

    http://teenssecrets-star.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. OMG, estou chorando.
    Muito lindo e triste também.
    Beijos,

    blog-enlouquecendo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Que história linda!! Parabéns!!!!
    Minha irmã humana concorda com a Luana, vc devia fazer um livro, minha irmã com certeza compraria!!!

    Lambeijos,
    Nina Marie Appoline Bouvier!

    ResponderExcluir
  8. ah não :(
    poxa quando comecei a ler eu já estava adivinhando... mas é isso
    linda história espero que venham mais e mais, claro tendo uma um final feliz ausuahs

    ResponderExcluir
  9. @CandyReis considerem que a história escrita aqui, acaba triste, mas como mesmo diz o título , não tem fim a história dos dois! Eles ainda vão viver juntos... para sempre!

    ResponderExcluir
  10. Nossa. Triste, muito lamentante.
    Mas, sim, esse é amor é verdadeiro, lindo. Nossa, como o amor é engraçado né, nos faz fazer escolhas que muitos nao entendem...
    Nem tudo é perfeito né, mas o amor de ambos é perfeito, com todos os defeitos, mas é perfeito!
    beijos.

    ResponderExcluir
  11. ~chorando~ aah, eu não queria que ela morresse..fiquei triste!
    mas fazer o quê. adorei toda a história gabriela.
    beijos

    www.princessofdanw.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Meeu deus que historia tão linda !! Gabriela Castanhari se ia ficar famosa se fizesse um livro e eu concerteza ia comprar !

    A historia é muito emocionante ameei.

    Beijoos ! Catharina

    http://morangocomchantilly-catha.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  13. Nossaa Gabriela que históriaa lindaa!!

    Parabéns..

    ResponderExcluir
  14. Que historia maravilhosa! Parabéns.
    Eu torcia por eles sabe? Agora estou chorando aqui, mas você conseguiu juntar uma linda historia de amor com a realidade. Escreve um livro, sério, todos iriam adorar.

    Beijos
    paraisodoesmalte.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. Ai que história maravilhosa!
    Ameeei!

    Estou ansiosa pra proxima!

    Bjos

    ResponderExcluir