09 julho 2013

Tudo é tão você

» La ragazza con la testa tra le nuvole « | via TumblrÉ engraçado como o destino nos prega peças, não é? Quem diria que um dia, eu e você, não seria mais: nós dois. Talvez nunca fomos um só. Quem diria, que iria embora assim, sem cerimonias. Apenas fazendo as malas, virando as costas e deixando milhares de sentimentos inexplicáveis para trás. 
Não espero que volte. Não espero que se arrependa. Nada do que sinto aqui dentro, antes de dormir tem á ver com saudade,  mesmo as vezes pensando em você. Mas não tem nada á ver com amor, ou outras drogas do gênero.
Você se foi e só restou as dúvidas. Dúvidas do que fazer. Sim, fiquei perdida nas milhares de memórias que o mundo ao meu redor traz de você.  
Não sei o que faço com nossas fotos, e nem o que faço com as roupas que você gostava quando eu vestia. O que eu digo quando falam de você? O que eu faço quando estou num lugar que você está tão marcado? O que faço quando o melhor conselheiro do mundo, está do outro lado da rua, e ao mesmo tempo do outro lado do mundo? 
Me ensina como fazer pra esquecer que um dia você existiu, sendo que foi você quem me criou, foi você quem me ajudou a crescer. Parte de mim, é tão você, que pra te esquecer, só esquecendo de mim.

Um comentário:

  1. Uau, que lindo este texto, me identifiquei! Também escrevo, escrever pra mim, é como libertar a alma, os sentimos, as palavras...
    Meu blog é novo, podes passar lá qualquer hora?
    alternativeyeah.blogspot.com
    Beijo!

    ResponderExcluir