05 setembro 2013

Ultimo romance

Pensei em te dizer que tenho pensado em você. Penso em inúmeras coisas absurdas que só mesmo um coração jovem e inocente é capaz de imaginar. É uma utopia sem limites, eu sei. Sei também que é tudo uma grande invenção da minha cabeça. Invento momentos, lugares, situações e principalmente conversas que nunca iremos ter, invento eu e você como se existisse 'nós dois'. É interessante essa confusão, logo eu, que sempre tive os pés no chão em relação a nós, no fundo eu sempre soube que passaria em minha vida e que não seria para ficar. Tenho lembrado dos bons e poucos momentos, relembro de ti na fila do ônibus, na fila do cinema e em lugares que nunca estivemos também, afinal é tudo fruto da minha imaginação, certo?
Ahh... Eu pensei em te dizer tantas coisas, tantas coisas tolas que o seu olhar me trouxe, e que o mesmo conseguiria calar e me fazer esquecer tudo que iria te dizer. É esse efeito que esses olhos claros tem sobre mim, ou pelo menos, a lembrança deles, porque é somente isso que tenho a alguns meses, que aliás, é uma ótima lembrança, para não dizer a melhor.
Todas as noites eu penso em você, e penso em dizer isso todas as manhãs, mas um 'bom dia' já é suficiente. Penso em dizer para não ter mais medo, para abrir o coração, me deixar entrar e te mimar. Abra os olhos e dê uma chance. Eu tento dizer, mas digo somente nas entrelinhas. Apenas penso... em você, nos seus olhos e em nós dois, que não é real. Mas eu gosto de sonhar.
Disso tudo tiro algumas inúteis conclusões, isso nunca sairá do rascunho, meu orgulho sempre será maior e esse é meu ultimo romance baseado em você. Isso é uma promessa, que talvez, eu não consiga cumpri-lá.

Um comentário:

  1. Nossa Gabriela ! Vc escreve muito bem :)
    e tbm é muito romântica ! Gostei do texto ...

    http://blog-transtornado.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir